terça-feira, 5 de outubro de 2010

Aftermath: Agora muitos devem calar a boca.

Este primeiro turno das eleições foi realmente... digamos... 'eletrizante'. E trouxe algumas supresas dignas de nota. Por exemplo: Quem poderia dizer que o Netinho iria ficar em terceiro? Let It Be, Let It Be, hahaha... E o melhor: Aloysio Nunes foi o primeiro. Alckmin também ganhou para o governo, o que prova que esta raça representada pela maldita estrela vermelha vai passar longe de São Paulo.

Agora o mais importante: Cade os 80% de aprovação do Lula? Tão na puta que pariu, certamente... Pois a Dilma obteve um tanto mais que a metade disso aí. E agora está dito que uma boa parcela da população rejeita o PT.

Sem querer ser preconceituoso, o que ferra é o Nordeste. A falta de informação e coronelismo com bolsa família continua. Realmente uma pena. But, let it be... Sabemos que metade da população não está do lado deles.

Dia ótimo (Para ser perfeito só sem o Tiririca, mas fazer o que, né ._.).

3 comentários:

Patricia disse...

E faltou a Marina Silva, com 20 milhões de votos!

Pedro R. disse...

O Nordeste realmente é o problema, como você citou. Só que se pensar...Um nordestino que vem pra SP para trabalhar, sei lá, de porteiro, ganha um salário numa margem de 1000 reais. Ele nã otem dinheiro pra sustentar a família toda (que geralmente é grande). Ele sabe que existe esse bolsa familia e todas as ajudas do governo, e então volta pro Nordeste. Lá, com toda a assistência que o governo lhe proporciona, ele acaba ganhando quase 2 mil reais por mês. E, digamos, que vive satisfeito.
Pra quê ele vai votar em alguém que poderia tirar esses benefícios dele?

O problema é sim o Nordeste, mas isso não é de lá. Isso tudo começa no governo.

Pedro T. Rodrigues Pinheiro disse...

Verdade, Pat... Foi um terceiro lugar notável.

Reinert, o problema é que o governo dá bem menos que isso. A população de lá não conhece outro jeito de viver. Mas de qualquer forma se tudo parte do governo que nós elegemos, acaba tornando-se um ciclo vicioso, e é justamente esse o problema do Nordeste.