quinta-feira, 17 de junho de 2010

Cambada de filhos da p*

Vou escrever com toda a minha raiva hoje. Ou não. Mas esta porra não pode mais se engolida. Juventude idiota, meninas que entram em grupinhos, "hip hoppers" que ficam se achando, pseudo-maconheiros... Que merda, parem para pensar um minuto nessa vida vazia.
Nota específica para o Pedro Lima: "Você é o que menos pode falar alguma coisa, lembre-se!".
...continuando...
A definição de um nerd otário é quase sempre o cara que se preocupa com nota e não com vida social... Aff! E que vida social é ficar em balada vendo esses armários pegando 500 minas no maior símbolo de promiscúidade? Bebendo até cair? Esses pseudo's quando estiverem com 30 anos estarão com AIDS, estaram na cova... Lembra do nerd que fechou com 40 no final do ano? Então, ele tá em uma multinacional!

E quem disse que o nerd não se preocupa com mulher? Até mais do que esses "pegadores", não precisamos de 500, uma só, que goste de você é mais do que o suficiente.

Antes do ataque: Não me considero nerd, não trabalharei em multinacional, mas respondo aos que me chamam de otário... Gordo escroto, otário... Por quê? Hoje em dia ter cultura é ser escroto, e ser honesto é ser otário. Mais otário é quem se acha esperto porque catou 10 na balada, seja como for, aproveite e faça o mesmo extendendo a jornada ao motel, e boa AIDS! Mas mesmo que você use a fucking camisinha: Tomara que ela rasgue... Essa coisa que ficar beijando mais de uma mostra só uma coisa: falta de caráter, uma pessoa desonesta, infiel. Então se você pegou 10 na balada, ou mais, ou menos, sei lá, você que é otário, porque nem sequer entenderá depois como o mundo funciona... Seus pais não te sustentarão para sempre, idiota. Quando tu precisar trabalhar, se não for jogador de futebol e não tiver pai rico, vai ser entregador de pizza.

Desgraça é pensar que a nossa nova classe média só pensa merda... Colírios... Vida de garoto, justin... rebolation... malhação... academia?? Put's... Estará completo o nosso grau de "macaquização"... E se o pai mantém o filho com 6 mil na escola e o cara é um baladeiro idiota, o cara não tem nem pensamento de classe média... É um cara que se acha da classe média alta, mas que na verdade é pseudo-classe média... Se não sabe o que é pseudo, vá procurar em um dicionário.

Mas nós, pessoas normais, que ouvem Rock, que somos escrotos! Animais não percebem que mesmo esse lixo de balada é fruto de um grau de cilivização, tecnologia, que não teria sido possível sem cultura. Cultura está aí, conhecimento também, se não fosse por ele, queria ver a gente curtir um som das cavernas.

Pergunto, alguém que leu isso se identificou? Eu duvido, porque ninguém que eu citei aqui tem capacidade mental para localizar a sua idiotice.

3 comentários:

@xDanielSD disse...

Descarregar (ou não) a raiva é muito bom. Deve ser interessante fazer isso em textos.

Rodrigo P. disse...

É tudo verdade, por mais que queram contrariar... sempre tem os "baixo niveis mentais" que escutam o "Funk" e o "Rap" que é tudo música de MARGINAL MESMO !

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.